Valorizar os servidores do Ministério do Desenvolvimento Agrário é valorizar a reforma agrária, a agricultura familiar e o desenvolvimento rural sustentável e solidário!

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Servidores rejeitam mudanças nos termos da reposição vindos do MPOG

Prezada(o)s,

Hoje no início da tarde a diretoria colegiada da Associação dos Servidores do Ministério do Desenvolvimento Agrário realizou sua reunião ordinária cuja pauta única foi deliberar sobre o Termo de Acordo enviado pelo Ministério do Planejamento (MPOG) sobre a reposição dos dias parados devido ao movimento grevista.  Basicamente se buscou deliberar sobre a aceitação ou não do termo.

Os presentes, que não se resumiram a diretoria da associação (menos de 1/4 que assinaram a lista de presença eram diretores), decidiram não aceitar o termo com as modificações propostas pelo MPOG, por entender que:

1) houve uma quebra de acordo, haja vista ter se decidido ao final da greve que a reposição poderia ser feita tanto por horas, quanto por trabalho acumulado, opção que desaparece no novo termo apresentado; e

 2) por não está claro no termo que a forma de reposição será definida de comum acordo entre servidores e a direção de cada unidade.

Dessa forma se deliberou que a associação iria buscar junto a Secretária Executiva do ministério retornar ao acordo anterior ou, pelo menos, alterar alguns pontos do novo termo.

Ficou acertada a convocação de uma assembléia geral dos servidores do ministério para a próxima quarta-feira as 14h00 para deliberar sobre o que for discutido com a Secretaria Executiva nos próximos dias.

Atenciosamente,
Direção da ASSEMDA.

Um comentário:

Anônimo disse...

Apesar dos pessimos serviços prestados , por inumeras razoes dentre as quais a falta de efetivo este PSEUDO MINISTERIO SE RECUSA DE CHAMAR OS EXCEDENTES REALMENTE UMA VERGONHA